Conheça o Radisson RED Campinas, o hotel sem check-in e check-out

Por Autor convidado,

A geração millenial (ou Y), da qual este que vos redige esta matéria também faz parte, tem na conectividade tecnológica e na inquietude duas de suas principais características. Queremos eficiência, rapidez e controle dos serviços que contratamos – e hotéis, é claro, não ficam de fora.

E foi pensando em viajantes que adotam a mentalidade millenial – independente da idade – que a rede de hotéis Radisson inaugurou em 2017 aquele que promete ser o hotel mais cool do Brasil – o Radisson RED Campinas.

Radisson RED Campinas Hotel Salão de Jogos

Nós do Room5, a revista de viagens da trivago, não aguentamos a curiosidade e decidimos conferir de perto o que o hotel tem de tão especial. Para isso, convidamos a Nathália Salvado, do Portal Vírgula, para passar um fim de semana no local. Veja o depoimento dela abaixo.


Nathalia Salvado Portal Vírgula

 

NATHÁLIA SALVADO é jornalista e já trabalhou em grandes portais de notícias, como iG e Terra. Atualmente, escreve sobre um pouco de tudo no site Vírgula. Ama viajar, conhecer novas culturas, comer e fotografar tudo o que vê de legal pelo mundo, sempre compartilhando com os amigos no Instagram.

 


As expectativas são altas quando você chega em um hotel que promete ser o mais cool do Brasil. Mas é uma delícia quando elas são preenchidas! O Radisson RED é um hotel cinco estrelas em Campinas, interior de São Paulo, que tem cara de revolução e promete dar certo controle para os seus hóspedes viverem a estadia da forma que quiserem.

Radisson RED Campinas Hotel Quarto

Check-in e check-out na ponta dos dedos

Tá confuso? A gente explica! Para começo de conversa, o RED tem um aplicativo. Sim, isso mesmo! O hotel tem um app em que você pode adiantar o check-in e o check-out, diminuindo todas as burocracias de chegar e ter que preencher aquelas fichas chatas de todo o hotel.

Ou seja, um dia antes de viajar, entrei no app, adiantei meu check-in e conversei via mensagem com um dos funcionários do hotel para passar informações complementares. Tudo bem informal, fácil e rápido. Quando cheguei por lá, só precisei dar meu nome, confirmar alguns dados e assinar um papel já pronto. Em 5 minutos, eu já estava no quarto. Maravilhoso, não é?!

Interação facilitada e informalidade

Aliás, tudo no hotel tem uma informalidade gostosa. Os funcionários, que são bastante simpáticos, usam tênis, calça jeans e camiseta e se misturam tranquilamente aos hóspedes. Sem aquele ar distante, que muitos hotéis têm. Facilita e muito na hora de pedir informações e solicitar ajuda, por exemplo. É o que pensa a gerente do hotel Fabiana Conde – ou curadora, na nomenclatura do Radisson RED.  

Radisson RED Campinas Hotel Curadora Gerente Fabiana Conde

“Sempre achei que algo fundamental poderia mudar na Hotelaria e poderia ser diferente no ambiente e no atendimento aos hóspedes. As novas gerações de clientes já não se encaixam no diálogo excessivamente formal”

E se você acha que o app serve só para o check-in, está muitíssimo enganado. Dentro desse mesmo aplicativo, é possível solicitar manutenções no quarto, pedir itens extras – como toalhas, travesseiros, etc. -, verificar a lista de canais disponíveis, conversar com hóspedes de outros apartamentos e pedir o serviço de quarto. Existe até uma função de abrir a porta do quarto pelo app, que deverá ser habilitada em breve.

Pub próprio e comida 24h

Aliás, o que eu achei mais incrível é que você pode pedir comidas e bebidas a qualquer hora do dia, porque o room service é 24h. Então, se você chegou às 3h e quiser pedir alguma coisa para comer, um chopp, uma mousse de chocolate ou até um café da manhã, é possível. Só abrir o app e ser feliz! 

Radisson RED Campinas Hotel Room Service Drinks

E já que estamos falando de comida, é bom lembrar que o hotel tem seu próprio “pub”, o restaurante RØD Grainne’s. Com TVs passando esportes e rock tocando, o local tem uma parede de gelo para chopp e comida variada – de magret de pato a hambúrguer -, e é uma ótima pedida para quem quer comer bem, beber um chopp ou um drink e se divertir com amigos. Estando hospedado no Radisson ou não, vale muito a pena conferir. 

Além disso, é no RØD que o café da manhã é servido. Duas mesas cheias de delícias, que vão de frutas a croissants, passando por sucos variados, bolos, iogurtes e pães variados. É possível pedir panquecas, pão na chama, tapioca, waffles e várias outras coisas diretamente na cozinha. Quem está hospedado no hotel, tem café da manhã cortesia.

Academia de primeira, quartos high-tech e espaços de trabalho 

Eu nunca achei que fosse falar isso na vida, mas o Radisson RED tem uma ACADEMIA que vale muito a pena visitar – mesmo se você não for de malhar! A vista é realmente muito bonita, principalmente em dias de sol. E bom, para quem malha de verdade, a estrutura, é também muito bem equipada e ampla. Nenhum sacrifício perder umas calorias por ali. 

Radisson RED Campinas Hotel Academia

Depois de perder todas as calorias, pode ser uma boa dar um mergulho na piscina, tomar uma cerveja no bar e admirar uma jabuticabeira linda demais que fica na área da piscina. 

Se você quiser descansar, vai contar com quartos confortáveis, claros e com TVs prontas para você assistir ao bom e querido Netflix. Achei ótimo que o quarto tem muitas tomadas, inclusive perto da cama. Perfeito para os tempos em que vivemos, cheios de aparelhos e gadgets para carregar. 

O banheiro tem um ótimo chuveiro, com três velocidades para você escolher a intensidade da água. Além disso, dentro do boxe, tem dispensers com shampoo, condicionador e sabonete líquido, caso você precise. Todos da marca do estilista Alexandre Herchcovitch. 

Agora, se você precisar trabalhar, saiba que não precisa ficar no seu quarto se não quiser. No andar térreo, perto da recepção há vários bons espaços para você ficar e, caso queria fazer uma reunião, o hotel também tem espaços nada caretas para isso. 

Radisson RED Campinas Hotel Trabalho

Para viajantes de mente aberta

Quando o hotel diz que é perfeito para os millennials, tem toda a razão. Mas acho que também vai agradar pessoas de todas as idades e gerações, que tenham mente aberta e que gostem de experimentar o novo. Para os mais tradicionais, pode causar estranheza e não ser a melhor pedida. 

Ficar no Radisson RED Campinas

BÔNUS: O que fazer em Campinas?

Eu nunca tinha ido para Campinas com tempo suficiente para explorar a cidade. Então, foi um final de semana de descobertas. A região onde o Radisson RED fica é ótima e existe muito o que fazer por ali.

  • Restaurante Black Sheepfica a 5 minutos de carro do hotel. O bistrô combina diversas cozinhas – francesa, italiana, australiana e neozelandesa. A cozinha é pilotada pelo chef Mauro Tavares. O ambiente é acolhedor e a comida é uma delícia. Os pratos principais custam entre R$ 50 e R$ 75.

Campinas Restaurante Black Sheep Prato

  • Parque Taquaral: Também a 5 minutos de carro do hotel, é uma delícia para caminhadas. O local é cheio de capivaras, patos e outros animais que ficam descansando à beira da lagoa. Quem se interessar, pode visitar também a Caravela Anunciação, uma réplica da que foi usada por Pedro Álvares Cabral para chegar ao Brasil.

Campinas São Paulo Parque Taquaral Caravela Anunciação

  • Bairro Sousas: Um pouco mais distante fica o bairro Sousas, um lugar com clima de cidade do interior, que mal parece ser parte de Campinas, uma cidade grande. Por lá, restaurantes, bares e até uma loja de cerâmica, o Ateliê Glória Queiroz – super bacana. Vale a pena a visita!

Campinas São Paulo Sousas Ateliê Glória Queiroz


E aí, o que acha do conceito do Radisson RED Campinas: inovador ou é tecnologia demais para o seu gosto?