Como preparar a viagem para os EUA: o que precisa para tirar o visto americano

Por Isadora Alfers,

Se você está só nos preparativos para ir aos Estados Unidos, já deve saber que precisa de um visto para entrar no país. Como esta é uma etapa fundamental da preparação da sua viagem e requer uma visita a um dos consulados ou à Embaixada em Brasília, nós organizamos dicas práticas para você conseguir passar por esta fase sem preocupação.

Como obter seu visto em apenas 4 passos:


1. Verifique a data do seu Passaporte

  • O documento é fundamental para fazer o pedido do visto e viajar aos Estados Unidos.
  • O passaporte tem que estar válido por, pelo menos, mais seis meses depois da data de pedido no visto. Exemplo: se você vai fazer o pedido no dia 1º de junho, seu passaporte deve ser válido até 1º de dezembro ou mais.
  • Como obter: na Polícia Federal, que  disponibiliza todas as informações necessárias para dar entrada no documento.

Assim que você tiver o documento em mãos, pode começar a se preocupar com o visto.


2 – Preencha o formulário DS-160

O formulário DA-160 serve para você pedir a entrevista necessária para obter o visto para os Estados Unidos. Não é tão difícil assim e dá até para pedir de última hora. O processo, que antes demorava até 100 dias, foi revisado e agora leva até dois dias, segundo a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil.

  • Como você não quer correr riscos, o ideal é pedir com pelo menos uns dois meses de antecedência!
  • Tudo o que você precisa é ter todos os documentos necessários em mãos e uma ideia do seu roteiro de viagem pelo país.
  • O formulário deve ser preenchido em inglês, mas a tradução em português de todas as perguntas está visível ao passar o cursor do mouse sobre a pergunta!

O que ter em mãos para preencher o formulário DS-160

  • Documentos: separe passaporte (inclusive passaportes antigos com vistos antigos, se tiver) e documentos que comprovem o vínculo com o país de residência.
  • Quando ele pedir uma foto, você não precisa enviar. As fotos serão tiradas na ida ao CASV (leia passo 3).
  • Anote o número de identificação que é gerado automaticamente para acessar o arquivo, se quiser fazer alguma alteração no futuro. É muito importante anotar este número, caso contrário, se você precisar mudar alguma coisa e não tiver a identificação, vai ter que começar tudo do zero.
  • A Embaixada não exige que você tenha comprovantes de reservas dos lugares onde pretende ficar nos Estados Unidos, mas é importante saber os destinos que quer visitar e adicionar ao formulário.

3 – Pague a taxa e agende a entrevista

  • Uma vez preenchido o formulário DS-160, você deve agora criar uma conta no site de solicitação de entrevista.
  • Através do site, você poderá pagar as taxas de solicitação do Visto de Não Imigrante (MRV). É possível pagar com cartão ou boleto bancário.
  • Agora você precisará agendar a sua entrevista de visto. Também deverá agendar uma ída ao Centro de Atendimento ao Solicitante de Vistos (CASV).
  • Os CASV são responsáveis por coletar impressões digitais e fotos dos candidatos e estão localizados nas mesmas cidades onde ocorre a entrevista.
  • A entrevista na Embaixada ou Consulado precisa ser agendada para depois da visita ao CASV.

A entrevista no Consulado ou Embaixada é presencial e só pode ser feita na data marcada.

Se você não mora em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Porto Alegre ou Recife e vai precisar viajar, nós estamos aqui para te ajudar:


4- Compareça à entrevista

No dia da entrevista, é muito importante lembrar de levar, além do seu passaporte atual, vistos antigos que estão em passaportes que perderam a validade. Levar documentos que, de alguma maneira, comprovem sua intenção de retornar ao Brasil é indispensável para não correr riscos de ter o visto negado.

Organize seus documentos

Leve documentos impressos com você para mostrar caso isso seja perguntado na entrevista. Estes documentos são:

  • Comprovante de renda suficiente para cobrir todas as despesas enquanto estiver nos Estados Unidos (ex: contra-cheques, comprovante do imposto de renda, extratos bancários).
  • Comprovante de que você tem laços significativos com o país ao qual você deseja retornar no fim de sua estadia nos Estados Unidos, geralmente estabelecido pela comprovação de laços familiares, profissionais, imóveis, emprego ou outros laços e compromissos com um país diferente dos Estados Unidos. Documentos que atestem este tipo de vínculo ajudam a não ter problemas para tirar o visto.

Se você quiser ver mais informações sobre visto, assista aos vídeos do canal da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil: