O histórico Hotel Molitor de Paris em 10 momentos românticos

Por Room5 Brasil,

Passar um verão romântico em Paris, em teoria, é algo mágico: piquenique no parque de Buttes Chaumont, passeios de mãos dadas ao redor do rio Sena, drinks e boa comida nos bistrôs da cidade.

Mas, na vida real, muita gente acha que a temperatura elevada pode tornar a viagem um inferno na Terra: milhares de turistas se acotovelando por selfies, encontros fortuitos com gente suada no metrô, parques lotados…

Mas é possível encontrar um pedacinho de paraíso no verão de Paris: ele se chama Molitor, um hotel elegante, moderno, mas também cheio de história, localizado no 16º distrito. Entre 1929 e 1989, ele foi “apenas” a piscina mais famosa de Paris, a Piscina Molitor, frequentada por gente conhecida, que combinava com sua então moderna arquitetura Art Déco.

Hotel Molitor em Paris romântico

Entre 1989 e 2014, o complexo ficou fechado, mas manteve sua vocação vanguardista: foi invadido por skatistas e grafiteiros, que transformaram o local em uma ocupação artística. Em 2014, a Molitor reabriu com todo seu glamour de antigamente: agora Hotel Molitor.

A revista do trivago foi até lá se intrometer acompanhar um casal completamente apaixonado e ver se a super tradicional piscina do Molitor passa no nosso teste romântico.


Momento n°1: a chegada

Hora de pegar a chave do seu quarto

Hotel Molitor em Paris, recepção

Entrando no Molitor, você será recebido por uma recepcionista simpática – o que muita gente diz ser coisa rara em Paris (a simpatia, não a recepcionista). O hall de entrada tem um estilo bastante arty e branché (descolado), como dizem os franceses.


Momento n° 2: o quarto

Uma suíte para cada tipo de casal

Guerra de travesseiros no hotel Molitor em Paris

O hotel oferece três tipos de quarto e dois de suítes (estas incluem uma salinha de estar). A Pool Suite é um dos grandes destaques, já que oferece vista para a famosa piscina do Molitor.

Já um dos quartos executivos conta com outra exclusividade incrível: um terraço para você curtir o verão do lado de fora, com espreguiçadeiras e plantas. Se o seu orçamento for curto, não se preocupe: alguns dos “Classic Rooms”, a versão mais básica do hotel, também têm vista para a piscina.


Momento n°3 : a vista

Veja o lado chique de Paris

vista do hotel molitor em Paris

Sem tempo a perder, a gente já vestiu calção, maiô e robes e partiu em direção à piscina. Mas no caminho descobrimos que os corredores do Molitor são tão interessantes quanto todas as outras partes do hotel: as imensas vidraças oferecem uma vista incrível para o 16º distrito de Paris.

O “seizième”, como dizem os locais, é o distrito mais chique da cidade. Por aqui ficam as casas e edifícios mais caros, além de teatros e comércio de grife. O mais interessante é que, apesar disso, também está aqui um dos símbolos mais populares da cidade: o Parc des Princes, estádio do Paris Saint-Germain, visível bem na janela do corredor.

No dia que o nosso casal esteve no Molitor, tinha jogo do PSG e deu para ver toda a movimentação pela janela.


Momento n°4 : o elevador pop

Estilo no caminho para o spa

elevador do hotel molitor em Paris

Descendo pelo elevador verde-espelhado e vestindo o roupão escrito “Molitor”, o nosso casal se sentiu quase como Kim e Kanye.

Melhor ainda, estávamos a caminho do spa Clarins, que conta com nada menos que 1700 metros quadrados. Lá você encontra uma piscina de inverno e 13 salas com diferentes técnicas para o bem estar.


Momento n°5: a famosa piscina

Tomando um caldo juntinhos

Casal na Piscina do Hotel MOlitor de Paris

Hora de se sentir como as várias gerações de parisienses que frequentaram a Piscina Molitor durante 60 anos do século 20. A piscina leva a assinatura do arquiteto Lucien Pollet e foi inaugurada em 1929 para fazer parte do complexo esportivo que também inclui o Parc des Princes e Roland Garros (ambos ali do lado).

A piscina se tornou a preferida de muitos socialites e famosos franceses, principalmente entre 1932 e 1934, quando recebia um jantar anual de gala, e ficou aberta até 1989.


Momento n°6: relax tecnológico

Uma noite no hotel também vale a pena

quarto do hotel molitor em Paris

Não faltam coisas para se fazer na noite de Paris, mas o nosso casal veio aqui para descanso. Quem optar por ficar no quarto do hotel depois do dia intenso de piscina e spa, não vai se arrepender.

Os quartos são equipados com o que há de necessário (e melhor) em tecnologia: TV HD, ar condicionado, mini-bar e caixas de som da super marca Bose para ligar seu iPod. No banheiro, produtos da mesma marca do spa, a francesíssima Clarin.


Momento n°7: o restaurante

Jantar romântico moderno

restaurante do hotel Molitor em PAris

Na brasserie do Molitor, o nosso casal encontrou uma mistura perfeita de romântico e descolado. O cardápio bastante criativo combina com a música eletro suave e a decoração estilo design urbano.

No menu, toques também suaves, como creme de ervilhas e alho poró com queijo gorgonzola, com assinatura do chefe Julien Mercier.


Momento n°8: acordando

Ficar na cama até muito tarde

casal no hotel Molitor em Paris

A noite na brasserie do Molitor foi animada e longa. O nosso casal acabou ficando na cama até mais tarde. O quarto é convidativo para ficar espichado por muitas horas e depois tem espaço suficiente em frente ao espelho para escovar os dentes juntinhos.

Quem quiser queimar a largada na cafeína e não esperar até o café da manhã, é só atacar a máquina de Nespresso disponível em cada quarto.


Momento n°9: um pouco de “esporte”

No caminho para o café, não deu pra resistir

hotel molitor em Paris

A fome estava grande depois de uma longa noite de sono, mas no caminho para o café da manhã, nosso casal deparou com essa irresistível obra humana: a mesa de pebolim (ou fla-flu, como preferem alguns).

Gérard, o concierge do Hotel Molitor, ficou olhando a partida com uma cara engraçada. Ele foi nosso guia, na noite anterior, em um passeio em que contou a história do hotel. O que não sabíamos é que, além de saber tudo sobre o bairro e o hotel, ele também tinha ótimas dicas de como marcar mais gols em menos tempo. Um concierge completo, de verdade.


Momento n°10: na varanda

Café da manhã ao ar livre

café da manhã do hotel molitor em Paris

A “atividade esportiva” deixou nosso casal com ainda mais fome. Pelas manhãs, a varanda da brasserie se torna o ponto do café.

A refeição é um buffet imenso, com direito às melhores viennoiseries francesas (pão de chocolate, croissant…), além de ovos beneditinos, todo tipo de queijo e frutas frescas.

Tudo isso com vista para a piscina e a gente bonita que já começa a nadar logo cedo por ali em seus biquínis e sungas (sem crise de ciúmes, por favor, casal!).

casal no hotel romântico em Paris

E assim foi o fim de semana de verão do nosso casal no mítico Hotel Molitor em Paris, um lugar cheio de história, ótimo para quem for pela primeira vez à capital francesa, mas melhor ainda para quem quiser ver a Cidade Luz por um ângulo totalmente diferente – e romântico.

Ver hotel