Locais recomendam: o que fazer em um fim de semana em Madri

Por Room5 Brasil,

Você talvez não saiba, mas o trivago está presente em mais de 50 países. Aqui onde a gente trabalha tem gente de todos os cantos do mundo. Por isso, resolvemos pedir para que os locais dessem dicas do que fazer em um fim de semana em diferentes lugares. Está com viagem marcada para Madri, na Espanha? Veja o que a equipe do Room5 Espanha recomenda para fazer por lá. A ideia é maximizar o seu tempo na capital da Espanha e ver tudo o que realmente interessa.

 

Sexta-feira

Você provavelmente vai chegar pelo fim da tarde, então você tem pouco tempo. No entanto, ainda dá pra tirar proveito da sexta. Para agilizar, faça Room5 no hotel rapidinho. Para ajudar na escolha, damos umas dicas de onde ficar por lá:

 

Hotel Petit Palace Puerta del Sol

Petit-Palace-Puerta-del-Sol em madri

Como você tem pouco tempo na cidade, dormir em um hotel localizado na emblemática Puerta del Sol é uma boa. O Hotel Petit Palace Puerta del Sol fica por lá e mantém a sua fachada do século XIX combinando perfeitamente tradição e modernidade. O hotel oferece um serviço de empréstimo de iPads nos quartos e áreas comuns. Obviamente, usar a internet não é um problema por lá: Wi-Fi gratuito está disponível em todo o estabelecimento.

 

Ver Ofertas

Hostal Persal

Persal

No Barrio de Las Letras fica o Hostal Persal em um edifício de 1871 que respira história. No Persal, são 80 quartos divididos em quatro andares, que se adaptam às suas necessidades individuais, duplos, triplos e quádruplos. A melhor parte é que todos têm banheiro privativo. O estabelecimento fica muito perto dos principais pontos turísticos da cidade, incluindo a Puerta del Sol, Plaza Mayor e o Teatro Real. Nada melhor do que acordar, tomar café da manhã no buffet e verificar seus e-mails com Wi-Fi gratuito. Seu avião sai tarde? Você vai adorar saber que um cochilo mais longo é possível no Persal: eles oferecem uma opção de late check-out que permite que você deixe o hotel mais tarde.

Ver Ofertas

 

JC Rooms Santo Domingo

JC-Rooms-Santo-Domingo

Entre as estações de metrô Callao e Opera na Plaza de Santo Domingo, fica o JC Rooms Santo Domingo. Seus 45 quartos são decorados com motivos de cada um dos países que formam o continente europeu. É como se mudar para cidades como Berlim, Paris ou até mesmo Reykjavik, na Islândia. Se você é uma pessoa que não pode parar de navegar na internet, você vai gostar da ideia de ter um computador no próprio quarto, bem como WiFi gratuito. Uma maravilha! E, enquanto você navega, pode saborear uma bebida do seu mini-bar gratuito preenchido todos os dias para você, sem nenhum custo. Incrível, não?

Ver Ofertas

 

Hotel Lusso Infantas

Hotel-Lusso-Infantes-Puerta-Principal

No bairro de Chueca está localizado o charmoso boutique Hotel Lusso Infantas com seus 40 quartos decorados com muito cuidado. Entre as facilidades oferecidas são Wi-Fi gratuito, TV inteligente com navegação na Internet, cofre com tamanho ideal para caber um laptop, um menu exclusivo de travesseiro e um restaurante que irá encantar todos os amantes da cozinha gourmet.

Ver Ofertas

 

Tendo feito o check-in no hotel, você está prestes a conhecer a verdadeira faceta alternativa de Madrid. Nossa sugestão é ir a Malasaña.

O que fazer

Microteatro-04-Medium-e1444324030219

Você tem coragem de assistir a um show de Microteatro (Loreto y Chicote 9)? Este projeto nasceu em 2009 em um antigo bordel. Nos 13 quartos do bordel, 13 grupos de teatro independentes tinham a intenção de criar uma montagem e esquetes de 10 minutos. Apenas 10 pessoas podem participar de cada peça simultaneamente. Todos os trabalhos têm um tema comum e a ideia é que, por ser apresentado em um espaço íntimo, isso faz com que os presentes se conectem mais com a história.

 

 

01_fachada_espacio-labruc-700x455

Espaço Labruc

Se você é do tipo que curte artes cênicas e visuais, você definitivamente deve visitar o Espaço Labruc (Calle de la Palma 18). Este espaço único tem como objetivo divulgar a arte contemporânea, eles trabalham como co-produtores de peças inovadoras e arriscadas de artistas consagrados e também artistas jovens. O espaço ainda tem performances ao vivo, concertos acústicos e dança contemporânea.

 

 

Onde Jantar

Que tal jantar no bairro alternativo de Malasaña? Reunimos três propostas que farão você salivar.

 

Restaurante-La-Jauría

Restaurante La Jauría

O restaurante La Jauría (Calle de Colón, 10) se destaca por seus sabores mediterrânicos que combinam preparação cuidadosa, qualidade das matérias-primas e uma apresentação que vai fazer você querer acabar com tudo. Além disso, a carta de vinhos é perfeita quem curte harmonizar a refeição com uma taça deliciosa de vinho.

 

 

Restaurante-Public-Madrid

Restaurant Pública

Na Calle Desengaño, encontramos o restaurante Pública, que oferece um menu mediterrâneo a preços acessíveis. Entre as especialidades, destaca-se o carpaccio de carne com pesto, rúcula e pinhões ou carne bochechas.

 

 

9_opt-2-Medium

Sky Restaurant

O Sky Restaurant (Travesía Parada, 6) é especializado em cozinha de fusão, perfeito para quem gosta de conceito slow-food. Se você é celíaco, não se preocupe: muitos dos pratos no menu são adaptados.

Ainda tem energia? Dicas para aproveitar a noite em Malasaña e Chueca

Se você é daqueles que não pode terminar a noite se jogar na pista e se divertir, também temos boas recomendações. Como ponto de partida para sair, recomendamos uma cerveja ou bebidas no El Palentino (Calle del Pez, 12), um lugar mítico da vida noturna de Madri.

Julián Callejo Ruiz

Cafe la Palma

Para os amantes da boa música, o Café La Palma (Calle de la Palma, 62) é a dica. Há 20 anos, o local é uma das casa de shows mais ativas da cidade. Além disso, ele segue o conceito “afterwork” e se adapta de acordo com a hora e o tipo de música ao vivo tocada no bar.

Em Malasaña também fica o Casa Camacho (Calle de San Andrés, 4), um bar com uma atmosfera muito bacana. Você não pode deixar de provar a bebida mais típica do bar, o coquetel Yayos. Outras opções imperdíveis são o El perro de la parte de atrás del coche ou La realidad.

Fulanita-de-Tal madri

O Fulanita de Tal

Já no bairro de Chueca, encontramos o Fulanita de Tal. O lugar que se tornou uma referência, mesmo para além das nossas fronteiras. O seu sucesso é devido em parte a colaboradores da Equipe DJ que todas as noites oferecem o melhor da música

Você curte decorações mais barrocas? Entre Chueca e Malasaña, em frente à Gran Via, fica o Wurlitzer Ballroom, uma excelente escolha para os amantes do bom rock.

 

Sábado

Depois de uma noite no Malasaña, agora é hora de gastar sola de sapato nas principais atrações de Madrid.

Onde ir

puerta del sol madri o que fazer em um fim de semana em madri foto flickr Tomás Fano

A Puerta del Sol em Madri. Foto: Tomás Fano, Flickr (CC BY-SA 2.0)

Uma visita à Capital da Espanha começa na Puerta del Sol, o famoso marco zero do país. Em 31 de dezembro, a Puerta del Sol é o lugar mais lotado, onde milhares de pessoas comem uvas a cada badalada dos sinos – essa é uma tradição espanhola para o ano novo. De lá, suba a Calle del Arenal, uma rua comercial movimentada onde você também vai encontrar a Igreja de San Ginés, o Teatro Eslava (que agora abriga a boate Joy Eslava) e o Palacio de Gaviria. Curiosamente, nesta rua no número 8 ficava a confeitaria Prast, que inspirou Luis Coloma, autor da história do Ratoncito Pérez, que depois foi adaptado e virou a história da fada do dente.

 

plaza oriente opera real espanha madri flickr

Teatro Real visto da Plaza Del Oriente. Foto : Toni Rodrigo, Flickr (CC BY 2.0)

 

No final da Calle del Arenal, você vai chegar à Plaza de Isabel II  (mais conhecida pelos moradores de Madri como Ópera por conta do nome da estação de metrô). Lá fica fica o Museu Peral, exibindo vestígios arqueológicos dos séculos XVI e XVII. No centro da praça há uma estátua dedicada à rainha Elizabeth II (hoje uma réplica, uma vez que a original foi destruída). Nesta praça você também vai ver o Teatro Real, um dos mais importantes da Europa quanto à qualidade do programa de ópera e teatro.

 

palacio real de madri foto flickr Ali Reza Zamli

Palácio Real de Madrid Foto: Ali Reza Zamli, Flickr (CC BY-ND 2.0)

A fachada do Teatro Real delimitada de um lado pela Plaza de Isabel II e no outro pela Plaza de Oriente, seguida pelo Palácio Real de Madrid. Este belo edifício fica no antigo Palácio de Madrid e é onde se realizam atos oficiais da Casa Real espanhola. Ao lado do Palácio Real, você verá os Jardines del Campo del Moro, Jardins Sabatini, a Catedral de Almudena e o Templo de Debod, lugares apaixonantes especialmente se a vista for ao pôr do sol.

 

Mercado-de-San-Miguel1

Apenas alguns minutos a pé dali, você vai encontrar o famoso Mercado de San Miguel (Plaza de San Miguel, s/n), hoje um local de peregrinação para todos os amantes da cozinha gourmet. Depois que repor suas forças fazendo uma boquinha por lá, você pode ir até a Plaza Mayor, um monumento da cidade e onde, se você tiver sorte, você vai ver coisas surreais como uma luta entre Homem-Aranha e Bob Esponja. O que fazer em Plaza Mayor? Além de admirar a estátua Philip II em um cavalo, você pode provar um bom sanduíche de lula (bocata de calamares, em espanhol) e desfrutar de um café com leite.

 

 

Gran-Vía madrid

Gran Vía de Madri. Foto: Enric Fradera, Flickr (CC BY-ND 2.0)

Gran Via de Madri é o próximo ponto a recorrer. A construção desta rua durou 19 anos (1910-1929) e foi feita para interligar a Calle Alcalá e a Praça de Espanha melhor. O que fazer na Gran Vía? Compras, relaxar em um dos seus cafés, restaurantes, bares ou ir ao cinema. O Palacio de Comunicaciones (na Plaza de Cibeles) é a sonde fica a prefeitura de Madrid. Anteriormente e desde a sua inauguração em 1919, foi a sede dos correios. Do alto do restaurante no topo do prédio é possível ter uma das melhres vistas do centro da cidade.

 

Puerta de Alcalá madrid foto flickr

Puerta de Alcalá Foto: Alejandro Magnum, Flickr (CC BY-ND 2.0)

 

Puerta de Alcalá é um dos emblemas de Madri, tanto que nos anos 1980 a dupla Ana Belen e Victor Manuel fez uma canção super famosa na Espanha falando do monumento. A porta foi construída em  1778 a pedido de Carlos III. Ela era uma das cinco portas que davam acesso à cidade, até que em 1889 se tornou uma praça.

Parque del Buen Retiro madrid Andrew Crump

Parque del Buen Retiro. Foto: Andrew Crump, Flickr (CC BY-ND 2.0)

Muito perto dali é Parque del Buen Retiro, o parque mais importante em Madrid. Um lugar perfeito para desfrutar de um passeio de barco, correr, ler um bom livro ou simplesmente deitar na grama. Além da lagoa, não se esqueça de visitar o monumento a Alfonso XII, o Palácio de Cristal e o Paseo de la Argentina, onde estão estátuas dedicadas a todos os reis espanhóis.

 

museu do prado madri foto flickr ministerio da cultura

Museu do Prado em Madri. Foto: Ministério da Cultura, Flickr.

A menos de 10 minutos de caminhada de El Retiro fica o Museu do Prado, o museu de referência em Espanha e um dos mais importantes do mundo. Sua riqueza em pinturas europeias desde o século XVI ao XIX o torna imperdível. Entre as obras que você pode ver estão pinturas de Goya e de Velázquez. Além disso, lá também estão obras de Ticiano e Bosco, e exposições, entre outros, três de suas pinturas mais famosas: O Jardim das Delícias, The Hay Wain e A Adoração dos Magos.

 

museu reina sofia picasso foto flickr

Museu Reina Sofia em Madri. Foto: Shadowgate, Flickr (CC BY 2.0)

Ainda no circuita da arte, outro museu que vale a pena visitar  é o Thyssen-Bornemisza. Ele tem coleções de obras renascentistas italianas e alemãs e está repleto de obras de Van Eyck, Caravaggio, Rubens, Rembrandt, Van Gogh, Cézanne e Matisse. Se você gosta de arte contemporânea e do século XX, uma obrigação é o Museu Reina Sofia. Sua coleção permanente é caracterizada por ter um grande número de obras de artistas espanhóis como Picasso, Dali e Miró. É neste museu que fica a famosa Guernica de Pablo Picasso. Finalmente, o Caixa Forum conta com uma ampla gama  serviços culturais, sociais e educacionais. A Caixa Forum mantém a fachada original dos poucos edifícios industriais modernistas da cidade. Como característica especial, o edifício dispõe de um jardim vertical, que abriga mais de 15 mil plantas de 250 espécies diferentes. O negócio é decidir qual dessas atrações parece mais atraente e visitar dois dos museus pela tarde.

 

Onde comer?

Villa Paramesa Prado (Calle del Prado, 15): restaurante que se destaca pelas tapas. Não deixe de experimentar suas variedades de queijos espanhóis com a melhor reputação e sua seleção dos melhores queijos internacionais.
L’Artisan Kitchen Furansu (Calle Ventura de la Vega, 15): só pelo nome já dá para saber que aqui se mistura França com Japão. O restaurante serve uma variedade de sushi e saladas com toques especiais e ingredientes frescos.
Restaurante Athenaeum (Calle Prado, 21): atmosfera íntima, decoração cuidadosa e pratos feitos com grande cuidado são os ingredientes aqui. Não é apenas um bom lugar para desfrutar de comida, mas também para desfrutar de um bom cocktail.
Barril de las Letras (Calle de Cervantes, 28): apenas a 50 metros da casa de Lope de Vega fica o restaurante de frutos do mar que vai ganhar o seu coração e seu estômago.

Madrid guia fim de semana

 

Plano para a noite?

La Huelga (Calle Zurita, 39): é um bar acolhedor que serve deliciosos cocktails. Se você gosta de gin tônica, esse é o lugar. E com cada bebida que servem frutos secos e doces. Que música toca? Soul, funk, azuis, jazz, rock’n’roll.
La boca del lobo (Calle Echegaray 11): Um ótimo lugar para ouvir música afro, jazz, funk e outros gêneros semelhantes. Aqui também rolam eventos culturais e, claro, tomar algumas cervejas.
Lamiak: Se você deseja curtir os pintxos do País Basco sem sair de Madrid, nada melhor do que uma visita ao Lamiak. Há dois locais, um em La Latina e um na Calle La Rosa. O que tem lá? Boa comida, bebida e música. Além disso, eles colecionam cartazes de festivais de jazz em San Sebastian e Vitoria.

Domingo

onde ir

mercado la latina madri foto flickr

Foto: kerinin, Flickr (CC BY 2.0)

O que fazer em um domingo em Madrid? Muitas coisas! Você pode começar por visitar o mercado de pulgas El Rastro, no bairro de La Latina. O mercado rola todos todos os domingos e feriados é  e tem mais de 400 anos de existência.

Além disso, no bairro de La Latina, pode visitar o Mercado de la Cebada. Inaugurado em 1875 pelo rei Alfonso XII, este mercado foi um dos mais importantes de Madrid e o edifício foi restaurado. Muito perto, cerca de 5 minutos a pé do mercado fica o Jardim do Príncipe de Anglona, na Plaza de la Paja. Este é um bom exemplo de jardim aristocrática do século XVIII.

 

Enrique Blasco flickr

Madrid Rio Foto: Enrique Blasco, Flickr (CC BY 2.0)

E para continuar com a turnê, o que melhor do que andar no parque Madrid Rio? Um enorme lugar verde onde você pode relaxar longe da agitação da cidade grande. Se você quiser fazer algum esporte, este é o lugar ideal. Você prefere um plano cultural? Ao lado do parque fica o Matadero Madrid.

Maryge flickr madrid

Foto: Maryge, Flickr (CC BY-SA 2.0)

Onde comer?

Para se despedir de Madri comendo bem é só ir à rua Cava Baja que é cheia de bares e restaurantes de tapas.

Algumas dicas de lugares por lá:

El Viajero (Plaza de la Cebada): é o ponto de encontro de todos os boêmios em Madri. Se você é um amante da carne, aqui você pode ter uma verdadeira carne grelhada uruguaia.
Pajaritos Mojados (Calle Del Humilladero, 3): entre suas especialidades são a salada de algas ou tempura de cebola doce, rúcula e tomate. Se você é um fã de tiramisu, aqui eles são completamente caseiros e deliciosos.
El Imparcial (Calle Duque de Alba 4): Quando cultura e gastronomia se unem, o resultado não poderia ser melhor. O edifício do restaurante era onde ficava o jornal El Imparcial. A cozinha aqui é contemporânea e oferece menu de almoço com entrada, prato principal e sobremesa por 14 €.