3 cidades baratas para aproveitar o frio em Julho

Por Isadora Alfers,

Nós já falamos sobre a dúvida recorrente de quem planeja as férias de Julho – O que é melhor: calor ou frio?

Mas, se não passa pela sua cabeça ir a um lugar de praia em Julho e o que você estava esperando o tempo todo era, justamente, a queda das temperaturas, um friozinho bom para acordar tarde e tirar os casacos de dentro do armário, aqui está um guia compacto com três destinos para passar férias no frio no Brasil. Tomamos o cuidado de escolher destinos que, embora não tão populares quanto Gramado ou Campos de Jordão, têm muitas opções de atividades e, melhor ainda, preços mais em conta do que as cidades mais famosas do inverno brasileiro. Escolha aonde você quer ir:

Guaramiranga, no Ceará

guramiranga_vista_pordosol cidades baratas para viajar no inverno julho

Foto: Setur

É isso mesmo que você está lendo, uma cidade no Ceará é a nossa primeira indicação de lugares frios para passar as férias de julho! Guaramiranga fica na região serrana do estado, a 865 metros acima do nível do mar e, em Julho, pode fazer frio de 12°C.

Para começar seu passeio pela cidade, visite a parte histórica que é uma das características do local. O ponto principal é a Pousada dos Capuchinhos, prédio construído por missionários vindos da Itália que chegaram em Guaramiranga na década de 1930. O antigo mosteiro mantém jardins e fontes bem cuidados e o tradicional canto gregoriano que anuncia as manhãs. O convento foi construído ao redor da Igreja de Nossa Senhora de Lourdes (Igreja da Gruta).

Ver Hotéis em Guaramiranga

Igreja Guaramiranga

Foto: Setur

Em Pacoti, vizinha a Guaramiranga, acontece geralmente em Julho o Festival de Café com Chocolate e Flores. A região é conhecida pelo cultivo de café desde a segunda metade do século XIX e Guaramiranga é até chamada de “cidade das flores”, por ter plantações de roseiras na região do Maciço de Baturité.

Os atrativos naturais de Guaramiranga entram na segunda etapa do roteiro. Rios, riachos e cachoeiras, como as cachoeiras do Urubu e da Veada, ambas localizadas em propriedades privadas e acessadas apenas por trilha, fazem parte das atrações.

Vista cachoeira do perigo

Foto: Divulgação/ Setur

Para ter vistas privilegiadas da serra, o Mirante da Linha da Serra é um dos locais ideais. O mirante fica a 11 km da sede da cidade e está em uma área com cerca de 950 metros de altitude. A outra sugestão é o Pico Alto, o ponto mais alto do Maciço de Baturité, com 1.115 metros de altitude, um ótimo lugar para ver o pôr do sol.

>>> Confira o roteiro para uma viagem romântica em Guaramiranga

 


Preço de hotéis em Guaramiranga em Julho

É mais barato conhecer Guaramiranga no inverno do que ir a cidades de praia no Nordeste, como Fortaleza ou Porto de Galinhas. A média do preço dos hotéis na cidade em julho é R$252.

Ver Hotéis em Guaramiranga


 

Para dormir muito bem no inverno em Guaramiranga

aerea-hotel

Foto: Hotel Vale das Nuvens

O próprio nome sugere que você ficará bem perto do céu. O Hotel Vale das Nuvens fica no alto da montanha, a 870 metros.

Para aproveitar esta localização privilegiada, o hotel tem um deck com vista panorâmica do vale. Além do deck, outra área para relaxar é a piscina aquecida. Mas se você não consegue mesmo ficar parado e quer explorar mais a serra, existem trilhas dentro do próprio território do hotel, com direito a cachoeira e tudo.

Em meio a natureza, o Vale das Nuvens assumiu práticas sustentáveis como o uso de energia solar e eólica, além do tratamento de 85% da água utilizada no hotel. As acomodações também foram feitas com a utilização de materiais sustentáveis.

Se não quiser perder o farto buffet do café da manhã, com bolos, pães, tortas, frutas, tapiocas e crepe, então, não esquece de anotar que começas às 7h e termina às 10h.

Dormir nas Nuvens neste Inverno

Voltar ao topo


Canela, na Serra Gaúcha

casacata do caracol canela serra gaúcha cidades baratas para viajar no inverno julho

Cascata do Caracol em Canela. Foto: Ricardo Varela

Canela não é apenas a vizinha de Gramado. A cidade guarda algumas das principais atrações da Serra Gaúcha e tem preços muito mais em conta.

Uma visita à cidade pede parada no Parque do Caracol. O parque abriga o símbolo de Canela, a cascata do Caracol. Dentro de seus 25 hectares, é possível fazer diversas trilhas – todas sinalizadas. A estrutura ainda conta com restaurante, churrasqueiras e um elevador panorâmico que leva a uma plataforma de vidro a 27 metros do chão, com uma vista ampla de todo o parque.

A gótica Catedral de Pedra também está entre as principais atrações, aquelas que você não pode deixar de ver durante uma visita à cidade. Não é muito fácil perdê-la de visa, a catedral tem 65 metros de altura e fica na principal avenida da cidade, a Osvaldo Aranha.

Ver Hotéis em Canela

canela catedral de pedra

A Catedral de Pedra de Canela. Foto: Ricardo Varela

Ainda entre os highlights, o Castelinho do Caracol é mais um ponto obrigatório. A casa foi construída entre 1913 e 1915 e é uma das mais antigas da cidade. Hoje, o local virou um museu com uma casa de chá que serve o “Apfelstrudel” mais conhecido da região.

A natureza em Canela está sempre entre as atrações principais. Os Bondinhos Aéreos, no Parques da Serra, que levam a mirantes, trilhas e a uma vista especial da Cascata do Caracol é um exemplo. Ainda no meio da natureza, tem o Parque da Ferradura, com trilhas, mirantes e um cânion, e o Mirante Laje de Pedra, localizado em um condomínio, com uma bela vista do Vale dos Quilombos.

Para quem gosta de esportes radicais, o Parque das Sequóias é uma ótima opção. No parque, característico pelas Sequóias e Ginkgo bilobas, é possível fazer mountain biking, descer cascatas utilizando equipamentos de montanhismo (chamado de canyoning) e rafting.

Ver Hotéis em Canela

Canela - RS

Vista do Parque da Ferradura em Canela. Foto: Ricardo Varela

Visitar uma vinícola também precisa entrar na lista.  A Vitivinicola Jolimont, fundada em 1948, é uma das mais tradicionais da região e promove visitas guiadas. Ainda no tema bebidas, a Cervejaria do Farol é mais um ponto imperdível. Ela foi pioneira na fabricação de cerveja na região e prevalece como uma atração turística da cidade. Lá, é possível degustar cerveja, comer um bom petisco e ouvir música ao vivo, além de fazer uma visita guiada pela cervejaria. E, para completar o copo, um pouco de cachaça artesanal do Alambique Flor do Vale, com direito a comida caseira feita na hora.

>>> Planejando uma viagem romântica para Canela? Acesse nosso guia!

 


Preço de hotéis em Canela em Julho

Em Julho, o preço médio dos hotéis de Canela é R$387, enquanto a famosa Gramado custa, em média, R$602 por diária no mesmo período.

Ver Hotéis em Canela


 

Para dormir muito bem no inverno em Canela

canela laje de pedra

A vista para o Vale dos Quilombos transforma todos os ambientes do Laje de Pedra Hotel & Resort. É com esta vista que os hóspedes podem relaxar na sala da lareira ou saborear a tradicional feijoada do hotel no restaurante panorâmico.

O hotel tem 28 mil m² de área verde e um bosque de araucárias. As acomodações são amplas e confortáveis e divididas em três alas com diferentes suítes que vão de 65 m² a 11 m², todas com calefação.

Os momentos de lazer podem ser aproveitados nas piscinas, externa e interna, nas quadras de tênis e futebol e no Spa Laje de Pedra.

Curtir a lareira do Laje de Pedra

Voltar ao topo


Monte Verde, em Minas Gerais

monte verde

Foto: © Fmturati – CC BY-SA 3.0

No alto da Serra da Mantiqueira, a 480 km de Belo Horizonte e a pouco mais de 160 km da capital de São Paulo, está Monte Verde.

A cidade mineira, comparada a Campos do Jordão pelas construções em estilo alpino, tem muitas paisagens bonitas de áreas de Mata Atlântica e cenários propícios à prática de atividades ao ar livre.

Existe apenas um jeito de aproveitar o melhor de Monte Verde: ficar no meio da natureza. Ver cachoeiras, explorar as trilhas pela mata, passear de quadriciclo, dar uma volta de jipe ou andar a cavalo, tudo é feito do lado de fora.

Ver Hotéis em Monte Verde

Monte Verde Mirante Colyna cidades baratas para viajar no inverno julho

Foto: Hotel Mirante da Colyna

Uma das principais atrações da cidade é uma tirolesa, batizada de Mega Tirolesa, que desliza por quase 1 km atravessando o vale, passando sobre uma plantação de eucaliptos, a 70 metros de altura. Não existe perigo, a atividade pode ser feita até por crianças.

Se você não tiver medo de altura, pode fazer um voo panorâmico pela cidade, a bordo de um monomotor. O aeroporto mais alto do Brasil fica em Monte Verde e, de lá, saem voos panorâmicos que fazem três roteiros diferentes: de 15 minutos, 25 minutos e de 1 hora – o mais longo vai até Campos do Jordão. Os passeios funcionam nos finais de semana e durante a temporada de inverno.

E você não pode ir embora sem ter provado uma iguaria da cidade, a famosa geleia da Tia Nata. A geleia é fabricada artesanalmente por um casal de moradores da cidade, Donatila e Arnis Luca, uns dos primeiros a habitar Monte Verde. As geleias são feitas com frutas colhidas do jardim deles e tem nos sabores amora, morango e kiwi.

>>> Confira o roteiro para uma viagem romântica a Monte Verde

 


Preço de hotéis em Monte Verde em Julho

Monte Verde chega a ser 30% mais barata do que Campos do Jordão no inverno. O preço médio dos hotéis para a estação na cidade mineira é R$333.

Ver Hotéis em Monte Verde


 

Para dormir muito bem no inverno em Monte Verde

pousada mirante da colyna quarto

A Pousada Mirante da Colyna está completamente inserida no cenário de Monte Verde: um lugar tranquilo, no meio da natureza, cercada por Araucárias e em um dos pontos mais altos da cidade, a 1.600 metros de altitude.

O hotel tem uma ampla área de lazer para os hóspedes com salão de jogos, cyber café, quadra de tênis, sauna, spa e restaurante.

As acomodações são aconchegantes chalés e apartamentos com vistas da serra e completamente equipados.

pousada mirante da colyna monte verde

Dormir no alto do Mirante da Colyna

Voltar ao topo

Qual seu destino preferido? Conte para a gente nos comentários 🙂